Será que os radares, são efectivamente, os meios mais fiáveis de assegurar a segurança na estrada? Serão as condições do trânsito, muitas vezes, consequência da falta de civismo dos condutores? De facto, prevenção deveria ser a palavra de ordem... não a repressão e obrigação. Prevenção consegue-se, sim, com educação e informação e, não, com leis de imposição.