Um romance do passado, uma visão do futuro, uma vida do presente, 1984 é um conjunto de metáforas, existências, realidades, argumentos e contra argumentos, ideias, amigos e inimigos. A beleza de 1984 não está nas palavras, está na consequência da sua leitura.