As frases “tens de estudar filho, um dia tens de ser alguém na vida” ou “estuda para não seres como nós” eram comuns, no dia a dia, para a generalidade dos jovens, . Era impossível passar um dia sem as ouvir, seja porque se queria ir tomar um café com um amigo, sair à noite ou ir até à praia. “Estudos” era sinónimo de sucesso e de realização.

Com o actual cenário económico é frequente haver a necessidade, por parte dos estudantes, de procurar algum trabalho para compensar as despesas diárias na escola. Li um artigo, há uns dias, no jornal P3 - Público, que abordava este mesmo assunto “Ser trabalhador-estudante é possível? Em Londres sim”. Decidi que seria uma boa ideia dar o meu testemunho como trabalhador-estudante.

P365/10 Day004