A professora de piano Erika Kohut entra como um furacão na casa que partilha com a mãe. A mãe gosta de chamar a Erika o seu pequeno tufão, pois a menina consegue às vezes ser tão rápida como um furão. Fugir à mãe é a motivação. Erika vai a caminho do fim dos trinta. No que respeita à idade, a mãe bem poderia ser sua avó. - A Pianista, Elfriede Jelinek