O dia 15 de Fevereiro de 2013 foi um grande dia para os astrónomos e público em geral. Já há um ano que andava a ser observado, mas foi nesta data que o asteróide - com o nome 2012DA14 - mais se aproximou da Terra, passando no interior das órbitas dos nossos satélites artificiais geoestacionários (sem perigo nenhum). Foi com grande espectativa que todo o mundo quis seguir a sua passagem, visível em praticamente todo o mundo. Organizaram-se uma série de eventos em diversos sítios, o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL) não foi excepção.

No dia 7 de Fevereiro (2013) foi inaugurada a exposição Um Universo Deslumbrante, patente no Museu Nacional de História Natural e Ciência.

Era 4 de Julho de 2006, comemorava-se o Dia da Independência nos Estados Unidos. Mas não era nisto que os olhos do mundo estavam postos, mas sim no lançamento do vaivém espacial Discovery (NASA). Três anos após o desastre do Columbia, a NASA propunha-se novamente a lançar pessoas para o espaço através dos vaivéns. Esta missão era uma prova de fogo aos novos sistemas de segurança, uma prova aos engenheiros e cientistas, mas sobretudo, um virar da página para um novo capítulo das viagens ao espaço.

O sonho de Descartes - O mundo segundo a Matemática é um livro de Philip J. Davis e Reuben Hersh, publicado em 1986.

No último mês (Dezembro) participei num concurso de fotografia sobre o tema igualdade de género, intitulado “Caminhos de Igualdade”. Este concurso foi promovido pela Associação Juvenil de Dião, Viana do Castelo. Tem por objectivo sensibilizar para as questões da igualdade de género, um problema estrutural da sociedade actual.