Mais uma notícia, mais uma pequena opinião. Hoje, dia de jogo entre Benfica-Porto é também um dia difícil para diversas pessoas e profissionais no combate às chamas. Segundo o jornal “Público”, “Mais de 2000 incêndios nos últimos seis dias em Portugal” (Lusa). Todos os anos, repetidamente, assistimos ao mesmo cenário. Ano após ano, não são tomadas medidas preventivas nem tomadas acções para resolver um problema que, actualmente acho grave. A falta de legislação e fiscalização por parte das autarquias é um factor decisivo no Verão.

Estava a ver as notícias e é, de facto, surpreendente que, com o que se passa no resto do país, exista um conjunto enorme de pessoas para se certificarem que o jogo Benfica-Porto corra bem onde, a maioria das pessoas que assiste que costumam ter comportamentos animalescos e irracionais, de não se magoarem. Por outro lado, assistimos a um corpo “muito menor” de bombeiros, lutando com unhas e dentes para salvar uma situação que se repete anualmente por falta de cuidado “de muitos”.

Lendo algumas opiniões, até na rede social Facebook, apesar de, por vezes, achar que algumas são um pouco “exageradas”, em relação a este tópico, admito que concordo com muitas delas. Felizmente, nunca estive numa situação grave de incêndio perto de casa, mas uma propriedade nossa (um pinhal) já foi por duas vezes, consumido largamente por chamas, ambas por fogo posto!

É uma realidade, existem cuidados que muitas vezes se podem ter para evitar determinadas situações como, os cigarros, o lume, as queimadas, os vidros perdidos, entre outras situações. Por outro lado, a lei é pouco credível quando se fala em incendiários. Existem muitos tipos de incendiários, desde os loucos, aos interesseiros, aos pagos e aos viciados.  Os loucos, não são incriminados porque a lei não actua. Os interesseiros, tal como os pagos, têm jogadas mais sujas para conseguir objectivos (como conseguir colocar os terrenos prontos para agricultura ou urbanização) e os viciados que muitas vezes, só o fazem por gosto.

Penso que, tal como já li anteriormente, estas situações são tratadas com muita tolerância e efectivamente, a provocação de incêndio propositado, não é vista como um crime grave e um atentado à povoação e à Natureza.

Por outro lado, também há um grande descuido por parte de muitas pessoas, quando acumulam lixo por todo o lado, não fazem limpeza de matas, provocando situações complicadas para muitos bombeiros. Apesar de muitas vezes, os populares tentarem ajudar os bombeiros nestas ocasiões, a maioria também deveria ser responsável por assegurar algumas  limpezas em casa ou em redor de casa.

Vamos ver, como correm os próximos dias!

PS: Acabei por apenas publicar este artigo hoje, dia 8. Sendo que posso acabar dizendo… o Benfica, do pouco que vi,  jogou mesmo muito mal… acabando por perder por duas bolas a zero. Também está tempo coberto, apesar de um pouco abafado, espero que ajude os nossos soldados da paz a controlar a situação.

Ano 2019, em revisão...

Com o fim do ano vêm **momentos de reflexão e balanço** do que foi o ano que passou. Escrevia o ano passado, no primeiro dia de janeiro:>...… Continue reading

A luz

Published on December 17, 2018

Eram uns dias de sol...

Published on November 16, 2018